Ácido Fólico garante desenvolvimento saudável do feto

shutterstock_67773016 

A gravidez é uma experiência mágica na vida de qualquer mulher, mas antes mesmo de engravidar, é preciso estar com a saúde em dia e alinhada com o médico sobre tudo o que precisa ser feito para fazer com que esse momento seja tranquilo e saudável.

O Ministério da Saúde recomenda administração preventiva de ácido fólico no período pré-gestacional de 3 meses antes da concepção. É aconselhado ingerir 0,4 a 0,8 mg  diárias da vitamina, que pode ser encontrada em alimentos como espinafre, brócolis, banana, feijão e ovos. A ingestão deve continuar até a amamentação.

O ácido fólico, substância da família de vitaminas do grupo B, é importante para prevenir anomalias funcionais ou estruturais do recém-nascido. A ingestão de ácido fólico, inclusive no período pré-gestacional, é essencial.

Esses problemas são produzidos logo nas primeiras semanas de vida e uma vez instalados não há mais reversão, por isso, se preparar para a gravidez se faz mais que necessário. No Brasil, somente 50% das gestações são planejadas.

O benefício preventivo da dose de ácido fólico é garantido para as mulheres que planejam engravidar, mais especificamente as que possuem alto risco de desenvolverem feto com defeitos congênitos e as com baixa aderência à suplementação.

Bom para mamãe, melhor para o bebê.

Acompanhe o vídeo abaixo, gravado com o Dr. Fábio Cabar  para a Sempre Materna onde ele explica sobre o ácido fólico e sua importância.

Dr. Fábio Cabar é doutor em Obstetrícia e Ginecologia pela Universidade de São Paulo e especialista em Reprodução Humana

Fonte Sempre Materna
Dr. Fábio Cabar –  Estúdio de Conteúdo

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Olá, como a SM pode te ajudar?